quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Comercialização de crianças



O trabalho infantil tornou-se uma fonte de renda para as famílias. Além dos pais conduzirem seus filhos a exploração sexual, os submetem a venda, ou seja, comercializam suas crianças como se fossem um pacote de arroz.

Na África os conhecidos como "Mercadores de homens" compram essas crianças por um dinheiro miserável e os obrigam a trabalhar em plantações de algodão e cacau. As meninas são humilhadas, sofrem abuso e muitas vezes machucadas se algo não está de acordo com as famílias dos ricos.

Sabemos meu caro leitor, que não é somente na África que esse tipo de situação ocorre, mas é diante de nós, ter piedade, doar alguma roupa, ou ajudar em algo essas crianças é válido, mas não é o suficiente. Precisamos fazer muito mais, denunciar, encaminhá-los a educação de qualidade, protestar, caso contrário nossa conivência só aumentará a dor desses pequenos.

Michelle Marques de Mello

14 comentários:

Cantinho da Lara disse...

Por que as crianças que trabalham no meio artístico não são consideradas exploradas??

Por que a lei não funciona para os que tem dinheiro??

Os pais miseráveis não podem permitir que seus filhos ajudem na renda da família nem que isso signifique a falta de comida em casa...

Mas é só ligar a tv, abrir um catálogo, ver os outdoors na rua, está lotada de carinhas bonitas (todos mto bem nutridos) fazendo pose, papéis e novelas, filmes, apresentando programas....

Ed disse...

Acho muito ingênuo normalizar o trabalho tal como é posto.
O trabalho infantil é provocado pela lógica do próprio sistema, não existe um vilão maior do que a sede perversa de lucro dos capitalistas, não é um mero aparato jurídico que irá sanar a exploração do trabalho. A lei só coloca esta exploração num invólucro sagrado e conserva estas relações de exploração trabalhistas sobre um prisma “protetor”, só que este sofre de ilusões de ótica e linguagem, a exploração é nua e crua, a competição individualista doma a existência e não existe tempo e espaço para humanismos invertidos. Compreender o momento histórico e temporal do capitalismo, achar meios para a superação da vida sobre estas condições econômicas é o ideal para a superação das formas fetichistas, pelas quais vivenciamos. O trabalho infantil é apenas um meio que a lógica do ganhar dinheiro cria para a acumulação capitalista, querer regular juridicamente não irá superar a exploração do trabalho e muito menos o trabalho infantil. A acumulação de lucro pelos capitalistas só é conquistada graças a exclusão de milhares de seres humanos do consumo, estas relações sociais fetichistas, baseadas todas em concepções econômicas (valor), é que criam as maiores barbáries sociais da humanidade.

larissa disse...

na minha opinião o trabalho infantil é uma forma que os pais das crianças devião trabalhar no lugar deles porque criança é pra ta na escola não sendo explorada então eu acho a exploração sexual um absurdo e eu na minha opinião isso pode mudar é só nós denuciarmos.

Ana Beatriz disse...

Eu sou criança eu digo que isso deveria acabar, porque isso é uma pouca vergonha, esses pais tem preguiça de trabalhar e manda os seus filhos ainda pequenos ...

*Temos que lutar para que a exploração infantil acabe.

gi.boare____bu___8rb disse...

parabens pelo seu blog
e muito critico alem de interessante e completo
obrigada...me ajudou muito no trabalho q eu fiz sobre trabalho infantil

Anônimo disse...

Td oq vcs falaram,Mas a q mais para mim esta verdadeira ... a primeira pessoa q disse,saabe a pessoa q tah lah em cima em 1 º é realmente verdadeiro...como o menino q esta em cima de mim ou menina não sei,ajuda váras pesquisas escolares td o q vcs disseram...

Bárbara disse...

é triste saber a realidade do mundo e o que vém cada véz mais aumentando em nosso pais,acredito que um dia possamos acordar deste pesadelo,que muitas vezes me parece sem fim,cansamos de nos deparar com essas situações "desagradavéis" e o que podemos fazer ?
realmente é pouco! mais sei que se cada um fazer a sua parte quem sabe um dia esse mundo torne-se justo e respeitavél!

sabrina disse...

eu sabrina carmo dos santos 13 anos achei esse texto muito chocante por que criança da minha idade esta sofredo muito po causa de devicudade em casa ai e presiso trabaalha porriso eu achei muito chocate .

sabrina disse...

eu sabrina carmo dos santos 13 anos achei esse texto muito chocante por que criança da minha idade esta sofredo muito po causa de devicudade em casa ai e presiso trabaalha porriso eu achei muito chocate .

ana karoline disse...

NAO ERA PARA EXISTIR PESSOAS TAO CRUEIS A PONTO DE VENDER UMA CRIANÇA isso e o pior crime do mundo.




ASS:ANA KAROLINE 12 ANOS

jaine disse...

eu jaine,acho abisurdo,pois sei que existem muitas pessoas que são muitos orrives.outro dia eu estava em casa,é passou uma reportagem que uma mãe vendeu o corpo de sua filha por 4 latinhas de cervejas.
queremos mais respeito,por nós criança e adolescente,exigimos mas segurança.

sabrina disse...

sabrina carmo dos santos 13 anos esse texto e muito inpotate por. s que aleta todo mundo do bairro i e muito chocante por que farias criads passa por muitas situaços muito ariscada. por que criads trabalha artes do terpo e criads e pra ta na escola. e muito obrigada por essa pesquisa . ta por que vc ta ajudado todos que deus ilumine essas criads e vc . beijoss pra que fez esse texto

ana karoline disse...

EU ADOREI ESSE ARTIGO,E MUITO INTERECANTE E FALA AREALIDADE DEMUITAS CRIANÇAS................




ASS:ANA KAROLINEE 12 ANOS LUCAS 12ANOS

gabrielle disse...

meu nome e Gabrielli tenho 13anos estou escrendo para deixar meu comentario.exploração do trabalho infantil e crime. mais ainda vejo muitas crianaças trabalhando. ex;sinais,trabalho domestico e etc.e a justiça nao fais nada eu fiquei chocada com a comecializaçao DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES.AS MÃES VENDEM SUAS PROPRIAS FILHAS.A JUTIÇA DEVIA FAZER MAIS CAMPANHAS CONTRA O TRABALHO INFANTIL.EU VEJO NAS RUAS ADOLESCENTES VENDEDO SEU PROPRIO CORPO PARA COMPRAR DROGAS E A TE MESMO PARA AJUDA A FAMILIA.ESSAS ADOLESCENTES DEVIA TA ESTUDANDO CADE A JUSTIÇA QUE NÃO FAZ NADA.EU ADOREI ESSE BLOG FALANDO SOBRE O TRABALHO INFANTIL A
18 de junho de 2009 02;52