segunda-feira, 21 de maio de 2007

Trabalho infantil e suas causas




O trabalho infantil é proibido por lei para menores de 14 anos, essa idade pode ser como aprendiz e a partir dos 16 como empregado. Essa lei não é seguida em muitos lugares, já que é visível a exploração do trabalho infantil, falta fiscalização.
Crianças que auxiliam seus pais a fim de aumentar a renda de sua família, outras que são exploradas sexualmente, meninas que trabalham como domésticas na classe média alta. As ruas são tomadas de crianças vendendo bala, vendendo jornal no semáfaro e muitas apanham senão voltarem com dinheiro para casa. Mas qual é a causa de tudo isso? A miséria amedronta, chegar em casa e não ter o que colocar no prato, ver o filho passar frio, fome.
A falta de oportunidade de trabalho, a renda baixíssima dos pais, a não alfabetização, também são fatores que contribuem para a pobreza. Muito se diz que lugar de criança é na escola, a realidade das famílias carentes nos é obscuro, é o que fazemos para ajudar? Apenas criticamos ou temos o sentimento de piedade? É pouco, podemos mais, muito mais. Há medo, dor, sofrimento, no coração dessas pessoas que trabalham, culpa em muitos pais que não encontram alternativas melhores de sobrevivência, e falta de caráter daqueles que exploram esses.
A ausência escolar prejudica o presente e futuro de uma criança. Tem muito menos chance de alcançar um emprego melhor, não conhece sua infância e cresce muitas vezes com angústia, dor, raiva, senão dos pais, talvez da sociedade. Pode tornar-se um criminoso ou prostituta? Talvez, porém, hoje notamos que os movimentos, as denúncias, aumentam a cada dia contra a exploração do trabalho infantil.

Analisaremos soluções, posicionamentos, comentarei sobre o trabalho infantil no Brasil, as piores formas desse trabalho, dentre muitos outros.Comentem, denunciem, critiquem e sejam muito bem-vindos!


Michelle Marques de Mello

31 comentários:

josedenez disse...

O texto em série foi muito bem enfocado, em todos os aspectos, pois retrata a realidade brasileira que as vezes a sociedade não conhece ou finge não ver.

José de Nez

spawnbloodaxe disse...

Esse texto enfatiza (e esclarece, sutilmente) as várias faces e subdivisões do trabalho infantil, na sua essência. É um caso a ser pensado, refletido. A realidade do agravante "implora" medidas que dêem resultados.
Por isso, que não eh só um problema a ser refletido, mas sim, e , principlamente, um problema a ser resolvido.

Aryadina Piva

ksandry disse...

Olá Michelle, muito bom o seu trabalho. Existe um livro infantil muito bacana que fala sobre o trabalho infantil no mundo todo, com algumas fotos ilustradas que realmente comovem. É a personagem Serafina aprende que crianças com a idade dela são exploradas no trabalho infantil pelo mundo todo, nas mais diversas atividades.

Algildo disse...

Michelle:

parabens pela escolha de um tema tão polemico, mas que precisa ser tratado. Hoje li uma materia dizendo que 53% dos presidiários moraram em barracos e nao tiveram acesso à educação. Temos que ter consciencia em cortar esse mau pela raíz ou continuaremos a pagar um preço social muito alto.

Algildo Munhon

Cristiane disse...

PARABÉNS pela escolha do tema!
É um assunto que precisa ser profundamente discutido, amplamente divulgado e urgentemente tratado por toda a sociedade.

Cristiane.

Débora Suzana disse...

Muito boa essa matéria sobre exploração do trabalho infantil.
Pensar que em pleno século XXI ainda existe exploração de crianças.
Parabéns pela matéria

kleberangeli disse...

É uma pena que no Brasil o várias modalidades de trabalho infantil não são considerados crime, como por exemplo crianças que trabalham na lavoura da familia durante o dia todo, sem frequentar a escola viver a plenitude da inocência de uma criança. Por outro lado a injustiça social pressiona situações como essas.
Alguns paises do mundo como Portugal as leis quanto ao trabalho infantil são muito severas em seu código Penal, e os casos registrados são muito baixos.
Este tipo de levante sobre temas tão polemicos exige de fato uma discussão ampla em todas as esferas da sociedade para que se busquem alternativas para eliminar estes problemas.
Idéias como sua Michelle contribuem muito para esta discussão. Parabéns pela iniciativa.

Kleber Fabiano Angeli

Anônimo disse...

O texto é muito bom, parabéns! Mas nele diz-se que nos podemos fazer algo mais... e que "algo mais" deveríamos fazer? (Espero sua resposta em breve)

Agradeço desde já, Kath.

Anônimo disse...

trabalho infantiltem que ser proibido maisas autoridades tinham que ta todo tempo vigiando

Anônimo disse...

olá michele, também achei muito bom o seu trabalho!
sou estudante da quarta-serie e so queria falar q vc poderia botar mais fotos na pesquisa, pois assim como eu preciso de muitas agora outras pessoas precisam.
valeu!

Lucia disse...

adorei o jeito como você abrodou o tema, acho queo tema deveria ser debatido na nossa sociedade.

LuciaManuella disse...

PS: LuciaManuella

Anônimo disse...

oLA mICHELI, CARA ISSO EH MUITO TRISTE PESSOAS DA MINHA IDADE TRABALHA , OTIMO TEMA QUE VC ESCOLHEU, MAS SE VC PODESSE POR MAIS FOTO E FALAR DE OUTROS TEMAS SERIA D+, EU TE APOIO E CONCORDO COM VC.E EU JA LI TB O LIVRO DA SERAFINA EH MUITO LEGAL VC PODERIA PEGAR ALGUMAS PARTES DESSE LIVRO PARA FLAR MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO, BJS!

Nathalya disse...

Isso é muito carve se não cuidades rapido será o fim

Nathalya disse...

Isso é muito carve se não cuidades rapido será o fim

Anônimo disse...

Oi eu sou menor de 14 anos + eu gostaria de trabalhar e naum possu !!Mais eu espero melhpr esperar o seu tempo do q fazer forçada !!

____**nenenZINHO**____ disse...

eu tenho 14 anos e gostaria de trabalhar para ter o meu dinheiro, mas não posso por causa da minha idade.

Anônimo disse...

O texto explica claramente uma realidade em que o BRASIL vivência,mais precisa que tanto a sociedade quanto o governo trabalhe juntos para mundar esta vegonha.
A falta de EDUÇAÇÃO de qualidade para as pessoas de baixa renda,reflete nesta triste realidade.
André Luís 12anos
15 de março de 2009

Anônimo disse...

eu me chamo thaina eu quero dizer que pra mim o trabalho infantil nao era pra existir porque as criancas nao era pra trabalhar por isso que eu nao gosto

camila disse...

ola me chamo camila gosto de estudar meus pais sempre me essentivaram eles sempre disseram que nunca eu ambandonasse os estudos, agora estou no setimo ano e estamos bastantes se aprofundando cada vez mais e vejo que e muito ruim, bem meu recado e trabalho infantil nao!!!!!!!!!!

edlane disse...

ola me chamo edlane e como qualquer uma brasileira fico indignada com exploracao infantil.
na minha casa varias vezes passamos por situacoes dificeis mas minha mae nunca me obrigou a trabalhar.ela sempre me incentivava a estudar para ser alguem na vida,sempre dava o jeito dela para naodeixar que eu e minha irma fossemos para escola com fome.

Anônimo disse...

Ola
Gostei do que vc falouajudou no trabalho do colegio continue assim!
Vá no meu blog sobre filmes , HQs e livros : olhoborboleta.blogspot.com

micaelle disse...

adorei a materia ,esta muito boa .
é muito bom contribuir para que o trabalho infantil nao aconteça.

Anônimo disse...

Esse texto deixa bem claro a realidade que vivemos e a falta de repeito por nossas crianças, que vem a ser o fulturo do nosso pais.

Anônimo disse...

eu acho uma barbaridade, mais muto deles trabalham pra sobreviver, comer .....
isso é orivel deixar crianças menores de 14 anos trabalhar se sacrificando ,suju e etc...
by; anônimo...

Anônimo disse...

eu acho isso ridiculo em vez de colocarem adultos para trabalhar colocam crianças.
esse é um dos motivos de ter tantos ladrões no mundo,pois, eles vao atras de emprego e nao encontram e assim vao para o mundo do crime.
e essas crianças quando crescerem a maioria vai entrar no mundo do crime,pois,elas nunca foram a uma ESCOLA.
ENTAO VAMOS NOS JUNTAR E DIZER NAO AO TRABALHO INFANTIL

cicera16 disse...

eu acho o trabalho infantil uma barbaridade princinpalmente quando na maioria dos casos a familia ñ tem condicões financeiras e acabam botando os filhos para trabalhar
poxa vida por que ñ sai eles para
trabalhar ao inveis de botar as crianças e os adolesnentes.................................................................................................

Anônimo disse...

No calçadão de Duque de Caxias vejo todos os dias crianças vendendo balas e as mães sentadas esperando os filhos trazerem dinheiro ou apanham ou não vão ao colégio e também ficam sem almoçar
com certeza quem estar lendo esse postal pode dar um jeitinho e pegar no flagrante hoje ou agora mesmo durante o dia. não deixem o futuro do Brasil termina desse jeito. denunciem!

diogo abençoado de Deus disse...

essa publicação aí em cima e no rio de janeiro na baixada fluminense no centro de Duque de Caxias.

rosimarr disse...

PARABÉNS pelo seu trabalho!realmente e muito dificil essa dura realidade que retrata o nosso brasil.

alba valeria disse...

oi,mim chamo alba e adorei seu trabalho. continui assim.espero pede visita sempre. bjs e boa sorte na sua luta.