segunda-feira, 28 de maio de 2007

A prostituição infantil


A prostituição infantil tem sido disseminada de uma maneira alarmante no Brasil e em outros países. Há pelo menos 500 mil crianças no Brasil sendo exploradas sexualmente, muitas pelo dinheiro deixam-se seduzir, outras pela pobreza. De acordo com a Unicef e Secretaria Nacional de Direitos Humanos, a exploração sexual de crianças e adolescentes, atinge 927 municípios do Brasil.


Crianças com nove, dez anos, trocam um momento de sexo por um prato de comida, ou um dinheiro miserável que esses exploradores fornecem. Meninas que trabalham de três a quatro horas, com mais de cinco parceiros por dia, sendo expostas a qualquer tipo de doenças sexualmente transmissíveis, entre elas, a AIDS.


Correm o risco de uma gravidez indesejada, não conhecem a infância e tornam-se mães, sem mesmo saber trocar uma fralda, além de muitas transmitirem para seu filho(a) (que não tem culpa nisso), o vírus do HIV. Dados comprovam que muitas garotas vem de uma desestrutura familiar inadmissível, onde pais, padrastos, irmãos abusam sexualmente delas, há casos em que a própria mãe conhece o fato e finge desconhecê-lo.

Além desses agravantes, o aborto tem sido executado por muitas delas. Chás que prejudicam sua saúde, agulhas de crochê para matar o feto, remédios que destroem seu útero. Muitas pagam para esses “médicos charlatões”, efetuarem o processo de aborto, sofrendo dores terríveis para eliminar a criança.


Note o parágrafo abaixo – fonte - SEDH


(...)Um outro termômetro para dimensionar a exploração é o disque-denúncia da SEDH (Secretaria Especial dos Direitos Humanos), criado em 2003. O órgão recebeu, até 2006, mais de 120 mil ligações. Cerca de 17 mil denúncias foram encaminhadas às instituições que combatem a prática.(...)


E a fiscalização, onde se encaixa nisso? Como nos tornarmos sensíveis a esse tipo de dor? Há programas que lutam para erradicar a exploração sexual de menores, porém não tem sido suficientes, como comprova os dados no início do texto.


O maior problema, no meu ponto de vista, é que existem pessoas que praticam esses atos inescrupulosos. Sanar os problemas da miséria, educação para esses pequenos, é de suma importância, conscientizá-los é imprescindível, mas e os autores desses abusos? Essas mães que calam-se diante dos fatos porque o marido “sustenta” a casa?


Discutam, denunciem, opinem.

Michelle Marques de Mello

Próximo texto - Trabalho infantil doméstico

21 comentários:

Jornalistas disse...

Mi...muito interessante este tema que vc escolheu para o blog...polêmico né...e complicado...
Mas acredito que está faltando algumas fotinhas ai...ok...

Bjoks...

Maby...

Deh disse...

Nossa Mi!!!
tema de extrema relevancia!
a exploração sexual infantil além de covarde é também uma vergonha...
Beijao!

spawnbloodaxe disse...

Bahhh, esse assunto eh seríssimo e com certeza merece atenção de todos.
Mi, enfocaste maravilhosamente bem! Dando credibilidade a vc e a sua futura (tão próxima) profissão!

Anônimo disse...

Michelle...
Muito bom o texto e propício pois que dia 18 deste mês foi marcado o "Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual das Crianças e dos Adolescentes".
Parabéns Jornalista.

Lado B disse...

Diante de um assutnto tão vergonhoso para o país, Jornalistas ainda acredita que falta algumas fotinhas???
Deprimente..........

Anônimo disse...

obrigada para porem este tema neste blog porque ajudou-me muito num trabalho que estou a fazer na excola. Jinhos Marta.

Anônimo disse...

olha...*realmente eh como (lado b )disse em seu coméntário*...eh bastante deprimente um jornalista pedir + *fotinhas*,ele que va nas ruas e veja..nas ruas e veja com seus proprios olhos oq ele pede pra por no blog.
Realmente...diante de um assunto tao serio..e que podemos ver isso no dia a dia..o cara inda pede "fitinhas"...
Enfim,agora falando do blog..assim amei o tema em quetão..pq alem de ter me ajudado muito em trablhos..eh um tema onde aborda um problema muito serio em nosso país,que contudo deve ser visto melhor pelas autoridades,afinal,esse assunto deve ser visto por todos como um problema para ser resolvido..e n ficar deixando esse problema de mão
e n resolver nada pra pelo menos melhorar...

Anônimo disse...

se todos lecem isso o mundo seria mil xxxxxxxxxxxxxx melhor gente que povo ordinario que pegao essas menina

ALZENIRA disse...

Vergonhoso é para o "homem" ainda usar de artimanhas tão baixas para satisfazer um desejo sórdido,ainda pior é saber que "mulheres" que tem filhos ou terão algum dia ajudam a aliciar esses que poderiam ser seus filhos...lamento.

agenoel disse...

PARABÉNS! ESTA SUA INICIATIVA É DE UMA EXTREMA IMPORTANCIA. DEBATER, DISCUTIR E APONTAR SOLUÇÕES PARA ESTE TEMA REQUER CORAGEM E DETERMINAÇÃO! VAMOS BUSCAR UM FUTURO MELHOR PARA NOSSAS CRIANÇAS!

juju disse...

eu acho que nunca faria isso pq eu nunca me daria esse gostio para eles e nunca vou estraga o meu corpinho estou serta jovens

Anônimo disse...

MICHELLE GOSTEI MUITO DESSE TEXTO E UM TEMA BEM INTERESSANTE E Q SERVIU MUITO PARA ME AJUDAR NA ESCOLA E NO MEU CURSO DE JORNALISMO MUITO OBRIGADO,ALEM DISSO SEU TESTO ME AJUDOU A ENTENDER MELHOR O ASSUNTO
XAU XAU E BRIGADINHO

kaio keomma disse...

karaka vei...mto interessante essa parada aí de prostituição infantil.Bastante complicado,como quase todo problema desse "País"...

Anônimo disse...

Tenho um trabalho experimental de TCC de jornalismo para este ano... é um videodocumentário sobre este tema tão triste e polêmico... É um trabalho grandioso que estamos fazendo e receptível à sugestões de seguimentos jornalísticos, bem como ideias inovadoras, fontes de acesso e Ongs colaborativas para depoimentos no vídeo...

quem tiver interesse meu e-mail é denys_universitario@yahoo.com.br
obrigado pelo espaço e parabéns pelo blog!

Anônimo disse...

E as leis de proteção a criança e ao adolescente onde estão e os governantes porque não fazem nada, porque??????????

felipe da silva gomes disse...

Realmente...diante de um assunto tao serio..e que podemos ver isso no dia a dia
a exploração sexual infantil além de covarde é também uma vergonha.

Anônimo disse...

Muito interessante o tema escolhido!
É realmente muito triste saber que este ato está presente em todas as partes do Brasil,e na verdade no mundo inteiro!
"Crianças" acabam se tornando verdadeiras escravas do sexo, por não terem uma base familiar, afinal, educação se começa dentro de casa e infelizmente essas crianças não saber o que seria essa "educação" que se fortalece com amor, carinho, dedicação, preocupação, enfim...por muitas vezes acreditam que se submetendo a essa prática saíram da polêmica e devastadora miséria que existe no mundo! Mas não enxergam as consequências que se tornam em um futuro próximo...o maior pesadelo de suas vidas, mas que também não sabem e não veem escolhas a serem feitas para se "libertarem" desse mundo.
Lamentavelmente...este é um lado do Brasil que ouve-se muito e sabe-se pouco!

Anônimo disse...

eu achei muito importantante esse tema pelo menos para pessoas que
são abusadas

palmeiras disse...

muitos sofrem com essas formas de viver ppor isso pense muito bem o que vc faz. por que um passo falso que vc de pode mudar a sua vida inteira, depois e dificil volta lute pelos seus objetivos, se vc vai ou nao vai conseguir niguem sabe mas tente. e mostra que vc pode ser forte nao se entregre a nimguem. aparti do momento em que vc se entrega e sua vida e seu futuro que esta em jogo. nao tem essa eu nao vou conseguir vc nem tentou so consegue quem quer e quem vai atraz do seu respeito e carater

meline disse...

MARY e Melyne

- Adorei o tema acho um absurdo acontecer tantas coisas no mundo.

Crianças sendo envolvidas que podem pegar uma gravides endesejavel, doenças como virus hiv que naum tem cura.

bjuhs

Juliana disse...

Eu acho um abuso, absurdo o que fazem com eesas crianças,mas muitas vezes ela s fazem por vontade propria.Mesmo assim é errado.
Pessoas que abusam e exploram criança mereçem a morte.